terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Um manuscrito do Evangelho de Marcos do século I ?!!! É, pode ser... Mas cuidado para não colocar a carroça na frente do boi.



Em seu blog, o Professor Airton José da Silva chama atenção para uma recente notícia que "sacudiu" a biblioblogosfera. A (possível) descoberta de um manuscrito do século I, que conteria um fragmento do evangelho de Marcos.


Se isso se confirmar, seria o mais antigo manuscrito daquele evangelho, desbancando o Papiro John Ryland (P52) do posto de manuscrito mais antigo conhecido do Novo Testamento.




A notícia foi apresentada pelo Professor Daniel Wallace (Seminário Teológico de Dallas) em um debate com o Professor Bart Erhmam (Universidade da Carolina do Norte em Chapell Hill). O novo papiro seria objeto de uma publicação acadêmica, pela Brill, em cerca de um ano.



Devagar, porém, com o andor. Sabiamente, o Professor Airton observa:

Certo ou errado? Talvez seja preciso aguardar até um ano para sabermos... Tudo é ainda muito vago: que manuscrito? onde foi descoberto? por quem? por que será revelado em livro em cerca de um ano (ou mais... ou nunca...)?




O post apresenta também uma série de links para quem quiser se inteirar melhor da questão).

Na lista do Professor Airton, um dos melhores posts é do Professor Larry Hurtado,



It would be a wonderful further boon to textual scholarship to have additional early manuscripts of NT writings, even legible fragments. Among other matters, depending on the amount of text actually preserved, all portions of early manuscripts are vital for tracing the textual history of the writings they attest. With regard to NT writings, we are already in an enviable and unparalleled situation, with substantial early papyri copies of a number of them (e.g., the Chester Beatty papyri, and the Bodmer papyri). But here are some notes to bear in hand as we await further news of the putative new finds.

(...) Palaeographical dating can ever only be approximate, perhaps as narrow as 50 yrs plus or minus. Expert palaeographers often disagree over a given item by as much as a century or more. It’s never wise to rest much upon one judgement, and confidence will be enhanced only when various experts have been given full access to the items.

No passado, já houve manuscritos apressadamente associados aos evangelhos e/ou datados de forma precipitada no I século por um ou outro estudioso, com o consequente desmentido pela academia tempos depois. Por exemplo o estudioso José O'Callaghan Martinez afirmou em 1972 que o papiro 7Q5 dos manuscritos do Mar Morto continha o texto de Marcos 6:52-53. A identificação encontrou quase nenhuma aceitação. Ainda, o Professor Carson Peter Thiede tentou demonstrar que o papiro P64, um fragmento de um manuscrito do evangelho de Mateus a qual a maioria dos estudiosos data de cerca de 200 DC, seria de meados do I século. A reinvindicação de Thiede não prosperou. Portanto, devemos esperar tanto a publicação formal dos resultados das análises deste novo fragmento, quanto os debates que surgirão a partir dele.

Por outro lado, já existe um número razoável de manuscritos com partes ou livros inteiros do Novo Testamento. Uma lista é dada pela Wikipedia, a qual pode ser organizada por data. Outra lista esta no site do Professor K C Hanson. Cerca de 61 papirus contendo partes de escritos do Novo Testamento podem ser datados no segundo e terceiro século, até o ano 300 DC (a cada data fornecida, podemos acrescentar um intervalo de cerca de 50 anos, para mais ou para menos). Alguns desses manuscritos contém partes minúsculas, as vezes um ou dois versículos fragmentados, outros contém livros, ou coleções de livros inteiros.

Por exemplo, onze manuscritos podem ser datados do II século (incluindo o ano 200 DC), desses a "estrela" é certamente o P52, datado geralmente na primeira metade do segundo século (125 DC, mais ou menos 50 anos). Contudo, P52 é um pequeno fragmento (João 18:31-33 na frente, e 37-38 no verso), e assim, como fonte de analise do texto do Novo Testamento, o mais importante é, possivelmente, o P46 datado da virada do II para o III século DC (aprox. 200 DC com intervalo de 50 anos para mais ou para menos), e P45, que contém (partes dos) evangelhos e Atos dos Apostolos.



É importante observar que, mesmo que haja (e provavelmente há) exagero na notícia, a sua publicação seria muito relevante para a critica textual do novo testamento e história do cristianismo primitivo. O Evangelho de Marcos é um dos textos neo-testamentários mais pobremente atestados, P45 é nossa melhor testemunha textual e data de meados do século III. Se esse novo papiro puder ser datado de 100 DC, por exemplo, seria o mais antigo manuscrito do novo testamento. Se, após analise dos especialistas, sua datação for corrigida em um século, ainda seria o fragmento mais antigo do segundo (e mais antigo) evangelho. Portanto, em se confirmando, essa descoberta tem potencial enorme para contribuir com nosso conhecimento do cristianismo primitivo.

---------------------------------------------------------


UPDATE (10.02.2012): O Prof. Daniel Wallace apresentou um "statement", no site do Dallas Theological Seminary esclarecendo o anúncio da descoberta do fragmento do evangelho de Marcos. O Professor Airton José da Silva resume o conteúdo da carta de esclarecimento, e adiciona alguns links extremamente úteis para o entendimento da questão. No mais, entendo que somente com a publicação dos resultados, e avaliação dos estudiosos, é que poderemos ter a exata noção da contribuição desses novos manuscritos. Eles tem potencial para constituirem uma grande descoberta, mas há um loooooongo caminho pela frente ainda. De qualquer forma, mesmo que a data inicial seja corrigida em um século, ou um século e meio, já seria uma importante contribuição ao nosso conhecimento. Em todo o caso, "cuidado para não colocar a carroça na frente do boi".



2 comentários:

Newton Almeida disse...

Muito bom! Excelente informações. Permita-me indicar um bom conteúdo sobre a datação dos séculos: http://geografianewtonalmeida.blogspot.com.br/2013/03/datacao-contagem-dos-seculos-exercicios.html

Nehemias disse...

Obrigado Newton, seja bem vindo.
Muito interessante o seu blog.
Nehemias

  • Recent Posts

  • Text Widget

    Este blog tem como objetivo central a postagem de reflexões críticas e pesquisas sobre religiões em geral, enfocando, no entanto, o cristianismo e o judaísmo. A preocupação central das postagens é a de elaborar uma reflexão maior sobre temas bíblicos a partir do uso dos recursos proporcionados pela sociologia das idéias, da história e da arqueologia.
  • Blogger Templates